Nobinho Almeida fala de apoios políticos e diz que recebeu convites para ser vice de João

Nobinho falou sobre apoios políticos e confirmou apoio a Aguinaldo Ribeiro como pré-candidato a deputado federal, a Galego de Souza como pré-candidato a deputado estadual, e ao governador João Azevêdo

Publicado: 17/06/2022

FOTO: SE LIGA PB

O prefeito de Esperança, Nobinho Almeida (PP), em entrevista ao Programa Se Liga PB, na manhã desta sexta-feira (17), falou sobre apoios políticos e disse que recebeu convites para ser o vice na chapa do governador João Azevêdo.

Segundo Nobinho, durante os últimos quinze dias do prazo final para renúncia da Prefeitura de Esperança, em alguns momentos seu nome foi sondado, e ele foi estimulado, através do deputado Wilson Santiago, e também do presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba Adriano Galdino, como ele poderia compor a chapa, sendo vice do governador João Azevêdo.

“Meu nome foi sondado e fui estimulado por várias vezes. Naquele momento eu disse que não tinha o menor interesse de ser vice-governador, e eu descartei completamente, mas se eu tivesse me afastado eu seria pré-candidato a deputado federal, e hoje estaria bem ao lado de Aguinaldo, ou seria o vice de João, como também poderia ser deputado estadual”, contou.

O gestor comentou sobre sua desistência da corrida para deputado federal, e disse que fez o que deveria fazer naquele momento, e se hoje fosse pré-candidato a Câmara dos Deputados, ao lado do deputado Aguinaldo Ribeiro, teria as mesmas chances de vitória. 

“Se eu tivesse me afastado não seria ruim, eu teria as mesmas chances e oportunidades de ser eleito deputado federal, mesmo Aguinaldo disputando, como é o caso do momento”, pontuou.   

O prefeito destacou que o sonho de buscar a Câmara federal não acabou, e que continua com articulações e trabalhando para as eleições seguintes a 2022.

Nobinho falou sobre apoios políticos e confirmou apoio a Aguinaldo Ribeiro (PP) como pré-candidato a deputado federal, a Galego de Souza (PP) como pré-candidato a deputado estadual, e ao governador João Azevêdo (PSB), para senador ele frisou que não há ainda uma definição.

O chefe do executivo na ocasião falou sobre as ações da gestão, ouviu reivindicações dos ouvintes, e falou que o governador já autorizou o processo licitatório da adutora que trará água de Campina Grande para Esperança e região.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS