‘A igreja não levou ninguém para a UTI’, diz padre sobre fechamento de templos religiosos

A afirmação foi feita pelo padre Sandro Santos, nesta segunda-feira (29)

29 de março de 2021   

Padre Santos foi o entrevistado do programa Frente a Frente (Foto: Reprodução / TV Arapuan)

‘A igreja não levou ninguém para a UTI, até porque estava fechada antes do agravamento’. A afirmação foi feita pelo padre Sandro Santos, nesta segunda-feira (29), durante o programa Frente a Frente, da TV Arapuan, ao avaliar o fechamento dos templos religiosos em todo o estado.

Padre Sandro lamentou a atual situação e revelou ver com dor as portas das igrejas fechadas, mas lembrou que os cristãos podem se conectar com Deus através do coração.

Ele revelou uma experiência vivida no final do ano passado, quando sua mãe precisou de atendimento médico e ele não podia acompanhá-la no hospital. “É uma dor ver a igreja fechada, mas é preciso evitar situações que possam expor à morte. A igreja sacrifica-se em tudo isso por amor à vida”, destacou.

De acordo com o religioso, a decisão do arcebispo da Paraíba, Dom Delson, foi muito acertada e revelou-se prudente, diante do momento em que estamos vivendo.

Ele ressaltou as atuais cepas do novo coronavírus estão mais letais, provocando a morte de pessoas jovens. “As pessoas não ligam para quem se contamina nas praias, nos ônibus, mas ai de quem disser que se contaminou numa igreja, seria destaque na mídia nacional”, questionou.


Redação com blog Paraíba