Após denúncia do Se Liga PB, responsável pelo CEDMEX nega falta de insulina na unidade de CG

Segundo a responsável, a marca da insulina citada na reportagem faz parte de um “elenco jurídico”, e demora mais que os outros tipos

10 de janeiro de 2019   

CedMex, unidade Campina Grande (Foto:Portal Correio)

Após uma denúncia veiculada pelo Portal Se Liga PB, aonde a professora Beatriz Ricarte, de 24 anos, denunciou que está há quatro meses sem receber as ampolas de insulina, nós fomos procurados pela gerente da 3ª Regional da Saúde, em Campina Grande, para esclarecer as denúncias. Segundo a coordenador Joelma Greicy Lira Fernandes,  as medicações citadas pela denunciante são distribuídas no Cedmex e não estão em falta, e se encontram abastecidas.

ENTENDA O CASO

“Inclusive nós recebemos medicações novamente , inclusive no final do mês está com renovação de estoque”, diz, completando que o abastecimento de insulina no serviço está sendo feito normalmente, mas que a marca citada na matéria é parte de uma espécie de “elenco jurídico”. “São aquelas medicações que o paciente dá entrada em processo, e elas vem de forma nominal ao paciente”, complementa, dizendo que a marca “luzenir” está sendo esperada de João Pessoa, e a qualquer momento pode chegar.

“Ontem nós recebemos algumas insulinas, que faz do nosso elenco, e a cada dia vai chegando medicação. Provavelmente, chegue o mais rápido possível”, finalizou a coordenadora da Terceira Regional de Saúde, Joelma Lira.

Redação