De volta ao MDB, Veneziano Vital do Rêgo diz que apoiará João Azevêdo, caso governador seja candidato a reeleição em 2022

Ele argumentou que respeitará os que divergem do apoio a João Azevêdo, mas lembrou que tanto ele quanto Raniery Paulino apoiam o gestor.

13 de janeiro de 2021   

O senador Veneziano Vital do Rêgo declarou que vai apoiar o governador João Azevêdo, caso ele seja candidato a reeleição ao Governo da Paraíba em 2022. Veneziano voltou oficialmente ontem aos quadros do MDB, seu antigo partido, após deixar o PSB. Na última eleição para governador, o MDB concorreu com José Maranhão ao cargo que foi ocupado por João.

A declaração de apoio de Veneziano a João foi dada em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quarta-feira (13), conforme apurou o ClickPB. Ele argumentou que respeitará os que divergem do apoio a João Azevêdo, mas lembrou que tanto ele quanto Raniery Paulino apoiam o gestor.

“Meu comportamento, minha postura é de continuar ajudando, colaborando, como tenho feito nesses dois anos como senador da República, ao Governo do Estado, a condução político-administrativa do governador João Azevêdo. É isso que eu sempre haverei de defender. Se o governador João se apresentar, claro que ninguém vai forçar, se apresentar como postulante a uma reeleição, tem no amigo e colaborador uma palavra de reconhecimento. Essa é minha posição”, disse o senador.

Veneziano enfatizou que não é de ter “procedimentos ‘camaleônicos’ “, mudando de lado na política. “Eu, pessoalmente, já disse publicamente mantenho uma coerência. Graças a Deus, na minha história não há procedimentos ‘camaleônicos’. Só para ilustrar. Hoje, o que é muito comum na política brasileira, lamentavelmente, são esses procedimentos ‘camaleônicos’ na política. Atos, condutas, posturas e comportamentos que salvaguardem os interesses individuais. E aí se muda aqui, se muda acolá, se reveste de um discurso aqui, única e exclusivamente para propósitos individuais. Eu nunca fiz isso. A minha história não me permitiria. Você sabe muito bem a minha linha de coerência. Pode até estar em desuso ser coerente. E, às vezes, está em desuso porque nós integrantes da sociedade brasileira não cobramos dos agentes políticos a coerência. Só são feitos em atos de incoerência aqueles que não são lembrados e cobrados pela população.”

Ele completou dizendo que no MDB existe apoio a João Azevêdo. “É fato que nosso deputado Raniery Paulino ele apoia (o governador João Azevêdo).” Mas também destacou a independência do senador José Maranhão e que respeitará os que divergem da gestão estadual, como Nilvan Ferreira, filiado ao partido e candidato a prefeito de João Pessoa, em 2020, pelo MDB.

MDB

Sobre seu retorno ao MDB, Veneziano disse que “é muito bom poder ser acolhido com mais naturalidade.” Falou também da “convergência de pensares” e enalteceu os ideiais do partido sobre “as políticas públicas e o pensamento do partido com a realidade histórica”. “Nosso propósito é o de ser colaborador. Minha presença é essa de um humilde colaborador”, completou ele.

Veneziano quer ver o MDB com “presença na Assembleia, voltar a ter uma presença na Câmara dos Deputados.”

Sobre as Eleições 2022, ele pediu cautela e foco na pandemia do novo coronavírus, na vacinação das pessoas contra a Covid-19 e nas ações partidárias atuais. “Estamos à distância desse processo. Queremos, nesse primeiro momento, fazer o trabalho que nos é devido. Não nos cabe, senão, fazer o trabalho pelo MDB.”

ClickPB