Deputado Frei Anastácio e manifestantes ficam feridos durante protesto pró-Lula em João Pessoa

O presidente do PT, Jackson Macedo, denunciou que os manifestantes foram recebidos com agressividade e lamentou a situação

24 de janeiro de 2018   

O grupo de manifestantes foi recebido com balas de borracha pela Polícia Militar (Foto: Reprodução/Whatsapp)

Um grupo de manifestantes que foram até a sede da Justiça Federal na Paraíba, no bairro dos Estados, em João Pessoa foi recebido a tiros de bala de borracha disparados pela Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (24).

Alguns manifestantes chegaram a jogar pedras para dentro do prédio e contra os policiais que faziam a guarda do local. Eles também forçaram as grades que cercam o prédio da Justiça Federal.

O deputado Frei Anastácio ficou ferido durante a confusão. O presidente do PT, Jackson Macedo, denunciou que os manifestantes foram recebidos com agressividade e lamentou a situação.

“O clima está tenso, bala de borracha, muita confusão. A polícia recebeu os trabalhadores com bala de borracha. Anastácio foi atingido na testa com bala de borracha. Fazia anos que isso não acontecia aqui em João Pessoa nas manifestações, atingiram até um deputado, companheiros foram para o hospital, o clima é muito tenso”, disse Jackson Macedo.

Há informações de que o total de quatro pessoas ficaram feridas após os tiros e a confusão posterior, sendo o deputado Frei Anastácio, um policial e mais dois manifestantes. O policial e um dos manifestantes precisaram ser encaminhados ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Além disso, também há registro de presos no local, mas que já teriam sido liberados.

A assessoria de imprensa do Hospital de Trauma informou que os dois homens feridos, de 27 e 40 anos de idade, permanecem internados com estado de saúde considerado regular.

ClickPB