Ex-prefeito de Alagoa Nova, Aquino Leite, disse que desconhece condenação e bloqueio de bens; VEJA VÍDEO!

Aquino destaca que o que acontece é uma litigância de má-fé da gestão atual, que segundo o ex-prefeito, já havia sido apresentada a mesma denúncia.

17 de julho de 2021   

Ex-prefeito de Alagoa Nova, Aquino Leite (PSDB).

O ex-prefeito de Alagoa Nova, Aquino Leite (PSDB), disse desconhecer qualquer condenação na Justiça Federal, envolvendo sua gestão.

Em um vídeo encaminhado ao Portal Se Liga PB, neste sábado (17), Aquino esclareceu uma matéria jornalística destacando que as contas do mesmo foram bloqueadas pela Justiça Federal: “o ex-gestor gerou um prejuízo de mais de R$ 340 mil aos cofres da prefeitura da cidade”.

“A matéria me pega de surpresa, pois eu retirei uma certidão negativa há poucos dias e não havia processos abertos na Justiça Federal contra mim, quanto mais uma condenação. Então, passei para os advogados para verificação”, esclareceu.

Aquino destaca que o que acontece é uma litigância de má-fé da gestão atual, que segundo o ex-prefeito, já havia sido apresentada a mesma denúncia. “O juiz entendeu que não seria competência da Vara Federal, mas sim, da Vara Estadual e declinou”.

O ex-gestor explica que mais uma vez a atual gestão da cidade, que lhe faz oposição, apresentou a denúncia e pediu o bloqueio dos bens. “Com a intenção que outro juiz pudesse entender diferente”.

“A matéria esconde o real motivo da denúncia. A denúncia se refere a uma suposta omissão da minha parte na prestação de contas de convênios federais, como se eu tivesse gasto esse dinheiro indevidamente. Na verdade, os convênios se referem aos anos de 2010 e 2013 (Brasil Alfabetizado) e, também, dos anos 2014 e 2016, período que eu não era prefeito daquele município”.

ASSISTA:

Redação

Leia mais: