FRACASSO: Vereador Sóstenes deixa a secretaria de saúde de Pocinhos e pasta será ocupada por enfermeira desconhecida na cidade

A promessa é que o vereador licenciado continue atuando em outra secretaria, ainda não divulgada.

29 de abril de 2021   

Ex-secretário de saúde de Pocinhos, vereador licenciado Sóstenes Murilo. Foto: Paolloh Oliver

A saída do vereador Sóstenes Murilo (Avante) da secretaria de saúde de Pocinhos foi confirmada no final da tarde desta quinta-feira, 29. Os rumores da saída de Sóstenes percorreram por toda semana. A desistência causou inquietação pelo fato do vereador ter sido um crítico ferrenho da gestão do ex-prefeito Cláudio Chaves, especialmente na área da saúde. A promessa é que o vereador licenciado continue atuando em outra secretaria, ainda não divulgada.

Pelo que se sabe o ex-secretário não correspondeu às expectativas e, em menos de 150 dias de gestão, coleciona reclamações que ele mesmo fazia. Denúncias como falta de remédios na farmácia básica, sem médicos em PSF`s e sem atenção são apenas reclamações que agora passam a somar no currículo dele.

Com a saída precoce de Sóstenes da saúde surge outra polêmica: a nomeação de uma profissional desconhecida na cidade. A enfermeira Katiane Pires Queiroga Gomes de Sousa já assume a pasta na próxima sexta-feira, 30.

A assessoria garante que Katiane é graduada em Ciências Contábeis (UFCG) e bacharela em Enfermagem pela Faculdade Santa Maria (FSM). Enfermeira Sanitarista, com especialização em Saúde Pública, pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e em Obstetrícia pela Rede Cegonha/CEFOR-RH/SES-PB. Ela atuou como Secretária de Saúde do Município de Belém 2013/2016 e geriu a Secretária de Saúde no Município de Araçagi no período 2017/2020.

Quem se manifestou foi o líder da oposição na Câmara de Pocinhos. O vereador Memel Chaves (Pros) disse que a intenção da atual gestão de Pocinhos, comandada pela prefeita Eliane Galdino (Avante), é fazer política estadual “com as nossas secretarias e cargos”, se referindo a nova nomeação.

Memel ainda relembrou o período que Sóstenes criticava: “Aquele que criticou tanto, cobrou tanto da gestão de Roseane e Cláudio, não aguentou quatro meses  e já pediu para sair. Sua passagem foi pífia”, escreveu o parlamentar.

SE LIGA PB