Governadores do NE se posicionam contra reduzir ICMS de combustíveis, e deputado diz que a Paraíba “impõe uma alta carga”

Eduardo Carneiro comparou o preço médio da gasolina na Paraíba,que é de R$4,20, enquanto que em outros estados custa R$3,60.

14 de agosto de 2019   

Deputado Estadual, Eduardo Carneiro(PRTB). (Foto: ALPB)

Em entrevista à Rádio Caturité FM, nesta quarta-feira(14), o deputado estadual Eduardo Carneiro(PRTB) criticou a posição dos governadores do Nordeste, sobre a proposta que prevê a diminuição do ICMS sobre os combustíveis. Carneiro é presidente da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa da Paraíba.

De acordo com ele, “há uma guerra ideológica grande hoje no Brasil, que prejudica especialmente os que estão na ponta”. Eduardo comparou o preço médio da gasolina na Paraíba, em relação a outros estados da federação, que é de R$4,20, enquanto que outros estados chega a custar R$3,60. Ele culpa a alta carga tributária do estado.

“Não faz sentido, por conta de uma alta carga tributária que é imposta. No Nordeste, se deveria fazer, ao contrário, porque aqui(Nordeste) é onde as pessoas mais tem dificuldades, e é umas das regiões mais atingidas pelo desemprego”, pontuou.

Segundo o parlamentar, é preciso que os governadores da região “desarmem os palanques, e trabalhem no sentido de diminuir a carga tributária, para quem mais precisa”, complementou Eduardo Carneiro.

Redação