Napoleão diz que é inacreditável que a Câmara de Campina atrase salários e critica postura dos vereadores

O ex-vereador também chamou a atenção dos parlamentares. Para ele, é preciso uma manifestação contundente contra “esse absurdo”.

5 de dezembro de 2018   

Napoleão Maracajá – Representante do Sintab / Foto Divulgação CMCG

O diretor de comunicação do Sintab, Napoleão Maracajá, disse que não queria acreditar que os funcionários da Câmara Municipal de Campina Grande (CMCG) estejam com salários atrasados. Napoleão também apontou que existe a ameaça do décimo não ser pago.

O ex-vereador também chamou a atenção dos parlamentares. Para ele, é preciso uma manifestação contundente contra “esse absurdo”.

–  Não é possível que seja verdade que os funcionários da Câmara estão com salários atrasados e ameaçados de não receber o décimo! Não é aceitável que não se tenha uma manifestação contundente dos vereadores contra esse absurdo! A câmara recebeu em média 1 milhão e 700 mil mês de janeiro a outubro. Inacreditável e inaceitável – escreveu

Redação