No Curimataú, milhares de fiéis festejam a Copadroeira de Santa Rosa de Lima

A abertura dos festejos teve seu realce com a cavalgada saindo do Sítio em que se encontra a Capela, onde muitos fiéis pagam promessas e trazem a imagem à Igreja Matriz.

28 de agosto de 2019   

Entre os dias 17 e 25 de agosto, foi celebrada a Festa da Copadroeira da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e Santa Rosa de Lima, Forania Curimataú,  na cidade de Barra de Santa Rosa. Neste ano, ao longo de toda programação foi celebrada a novena de Santa Rosa de Lima, Missas com Padres convidados e a presença do Bispo Diocesano Dom Dulcênio Fontes de Matos, além de muitos outros festejos.

A abertura dos festejos teve seu realce com a cavalgada saindo do Sítio em que se encontra a Capela, onde muitos fiéis pagam promessas e trazem a imagem à Igreja Matriz. No dia 23 de agosto, dia de Santa Rosa de Lima aconteceram várias homenagens: Alvorada, ao meio dia saudação com fogos de todos os pontos da cidade, carreata pelas ruas levando a imagem e logo após a Santa Missa presidida pelo bispo diocesano Dom Dulcênio Fontes de Matos.

No sábado, oitavo dia de festividades, aconteceu a tradicional Procissão que conduz a imagem de Santa Rosa de Lima, de volta à sua capela, onde teve origem a devoção popular santa rosense. Centenas de fiéis percorreram 6 km, da Igreja Matriz até o sítio Santa Rosa com muita alegria cantando e louvando em honra Santa Rosa de Lima.

Muitos cumprindo promessas e votos em sinal de agradecimento pelas graças alcançadas. Chegando ao final da procissão celebrou-se então ao lado da capela a Santa Missa que este ano foi presidida pelo Pe. Josandro José, Pároco da Paróquia de São Judas Tadeu em Campina Grande, ele que é irmão do Padre Thiago.

No dia seguinte a Santa Missa de encerramento com a Benção do Santíssimo Sacramento foi celebrada ao lado da capela de Santa Rosa, muitos fiéis participaram do encerramento, com sorteios e o leilão que ocorre tradicionalmente.

Começada a partir dos moradores do então sítio Santa Rosa, há mais de 300 anos que a devoção à Santa Rosa de Lima movimenta a religiosidade daquela região. Em 2010, Santa Rosa de Lima foi elevada a status de Copadroeira da paróquia. Essa festa expandiu-se gradativamente trazendo consigo uma fé muito tradicional da comunidade.

Redação com Assessoria Diocese CG