NOVA REALIDADE: em 4 meses, hospital de Lagoa Seca realizou 560 pequenas cirurgias, 13 mil exames e atendeu mais de 7 mil pacientes

De acordo com o relatório, as maiores demandas estiveram nas consultas simples, com quase 8 mil atendimentos, e nos exames laboratoriais, ultrapassando mais de 13 mil.

16 de maio de 2019   

O Hospital Geral Municipal Ana Maria Coutinho Ramalho divulgou, nesta semana, o relatório de atendimento ambulatorial do último quadrimestre de 2019.

Os números são de janeiro a abril, e revela como anda a situação da saúde pública do município.

De acordo com o relatório, as maiores demandas estiveram nas consultas simples, com quase 8 mil atendimentos, e nos exames laboratoriais, ultrapassando mais de 13 mil.

Joedna Silva, diretora administrativa do hospital, comentou sobre o resultado de atendimentos do último quadrimestre. “Os números por si mostram o quanto o hospital vem prestando atendimento à população. Hoje nós temos uma escala médica completa, não só com clínicos gerais, como também pediatra e cirurgiões atendendo toda semana”, disse.

Questionada sobre as reclamações de uma parcela da população acerca dos eventuais problemas do hospital, a diretora enfatizou. “Se não houvessem críticas, isso seria um sinal de que não estaríamos trabalhando”, falou.

Para o núcleo do hospital, há um investimento de apenas 45 mil por mês. Porém, os gastos com folha de pagamento e insumos ultrapassam os 250 mil, é o que aponta a Secretaria de Saúde.

Confira quantidade de atendimentos

(JAN/ABR/2019)

Consultas simples: 7.297
Pacientes na observação: 2.820
Pediatria: 410
Pequenas cirurgias: 560
Eletrocardiograma: 560
Ultrassonografia: 720
Exames laboratoriais: 13.183
Internamentos: 77

Ascom