Sargento da Polícia Militar morto com tiros na cabeça teria sido vítima de retaliação por intervenção em outro crime

Ele foi encontrado morto com dois tiros na cabeça nesta quinta-feira (13) no bairro de Colinas do Sul, em João Pessoa, próximo de onde morava.

Publicado: 14/01/2022

Foto: Reprodução

Uma das hipóteses levantadas na investigação da morte do sargento da Polícia Militar, identificado como Freire, é de que ele teria sido vítima de uma retaliação por ter intervido em um assalto anterior. Ele foi encontrado morto com dois tiros na cabeça nesta quinta-feira (13) no bairro de Colinas do Sul, em João Pessoa, próximo de onde morava.

Segundo informações obtidas pelo ClickPB, no crime anterior, os assaltantes abordaram terceiros e teriam fugido após serem supreendidos com tiros disparados pelo sargento. Uma motocicleta usada no assalto foi deixada para trás.

Os mesmos suspeitos, então, teriam identificado e executado o militar durante o trajeto que a vítima fazia regularmente a uma área de vegetação com o objetivo de “campear”, prática de colocar pássaros em gaiolas para fazer um duelo de canto.

Nenhum suspeito foi preso até o momento.

Por Rafael Andrade

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS