Secretário diz que crianças devem ser próximo grupo a se vacinar contra a covid

“O Brasil tem seis vezes mais taxa de letalidade em relação as crianças que no resto do mundo”, afirmou.

5 de outubro de 2021    [post-views]

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, comentou em entrevista ao Sistema Arapuan, nesta terça-feira (05), que as crianças serão o próximo grupo a se vacinar contra a covid-19. “Crianças são a próxima preocupação em relação à vacinação. Acreditamos que deve haver uma definição nas próximas semanas, já existem trabalhos mostrando a eficácia da Pfizer e da CoronaVac em relação à utilização em crianças”, disse.

Medeiros apontou que é observado o recrudescimento de casos de covid-19 em crianças. “O Brasil tem seis vezes mais taxa de letalidade em relação as crianças que no resto do mundo”, afirmou.

Para o secretário, a previsão é que a vacina contra a covid-19 seja aplicada anualmente, assim como acontece com a vacina da gripe. “[Provavelmente] teremos uma vacinação com cepas mutantes para que ela [vacina] seja atualizada e promova proteção maior à população evitando um novo recrudescimento da pandemia. Teremos uma doença, que chamamos endêmica, com alguns casos todo ano”, apontou.

A Paraíba atualmente tem 560 mil pessoas acima de 60 anos que receberão uma dose de reforço e 160 mil trabalhadores de saúde que também receberão. “A Paraíba é um dos estados de realce nacional na condução da pandemia. É a menor taxa de ocupação do Brasil e isso se dá a todas as ações que foram tomadas”, explicou.

A respeito da vacinação de adolescentes, o secretário afirmou que cada município tem sua própria política e destacou João Pessoa que está vacinando 17+, e Campina Grande que já alcançou 13+.

  • Marília Domingues/Sabrina Barbosa