Secretário preso pela Operação Calvário pede exoneração do cargo

Quem responderá pela pasta será o secretário adjunto.

9 de outubro de 2019   

No documento, Ivan justifica a decisão como sendo inevitável já “o momento requer dedicação integral à minha defesa”, considera. (Foto: Reprodução)

O secretário preso na manhã desta quarta-feira (9), em João Pessoa pela Operação Calvário pediu exoneração na tarde de hoje. A decisão foi anunciada por meio de uma nota oficializada ao governador da Paraíba, João Azevêdo.

No documento, Ivan justifica a decisão como sendo inevitável já que “o momento requer dedicação integral à minha defesa”, considera. Ele também negou que tenha cometido qualquer ato ilícito. 

Quem responderá pela pasta será o secretário adjunto.

Redação com ClickPB