Vereador da oposição, Galego do Leite diz que a maioria de suas emendas são vetadas por Romero

Ele cita as emendas que apresentou para aumentar o número de carro-pipas abastecendo a zona rural de Campina Grande, mas que não são atendidas

6 de dezembro de 2018   

Vereador Galego do Leite(Podemos)

Em entrevista ao programa RC Notícias, na Rádio Caturité FM, nesta quinta-feira(06), o vereador de Campina Grande, Galego do Leite(PODE), fez um balanço das suas atividades este ano. Parlamentar da bancada de oposição, Galego diz encontrar uma grande dificuldade para que as suas emendas sejam atendidas pelo executivo, de modo que a maior parte de suas emendas acabam se tornando “demandas reprimidas”.

Para exemplificar ele citou as emendas que apresentou para aumentar o número de carro-pipas abastecendo a zona rural da cidade, mas que não tem tido êxito. O vereador diz que conseguiu diminuir a situação de escassez devido a perfuração de poços em algumas localidades, através de emendas do deputado federal e senador eleito Veneziano Vital do Rêgo(PSB).

“Eu recebe de 10 a 15 pedidos de carro-pipa por dia, mas que infelizmente não consigo atender a todos. Eu ainda consigo fazer o abastecimento, tirando do meu bolso, a algumas famílias. Em 2019 será uma luta que pretendo continuar travando”, reforçou o parlamentar. Segundo ele as demandas na zona rural são pouco atendidas, exemplificando a sua luta para a construção de mais moradias, citando que há pessoas nestas localidade que ainda moram em casa de taipa.

Quanto às pautas da zona urbana ele cita a construção de mais cemitérios públicos, nos bairros mais carentes, diminuindo o sofrimento para as famílias na hora enterrar seus entes queridos.”O meu apelo é para dar assistência às famílias carentes, porque quem tem dinheiro enterra seu ente querido num cemitério particular. Mas e quem não tem?”, questionou.

Uma outra luta, e que foi alvo de críticas por parte do seu mandato, tem sido o total abandono da Vila Olímpica Plínio Lemos por parte da gestão do prefeito Romero Rodrigues, equipamento localizado na zona leste da cidade.”Aquele equipamento foi totalmente abandonado pelo prefeito Romero Rodrigues, a verdade é essa. Essa atual administração assumiu, e o que nós vemos é um abandono total, daquele equipamento importantíssimo, e a gente não tem nenhuma ação para aquele equipamento”, disse, reforçando que o abandono de Romero é proposital.

Galego do Leite ainda listou outras demandas, que pretende continuar defendendo na Câmara em 2019: O Desassoreamento do Açude velho, para transformar em um local para a prática de atividades naúticas; Colocação de Grade e instalação da base da Guarda Municipal no Parque Evaldo Cruz(Açude Velho) e outras demandas.

Redação