OAB repudia ataques do prefeito de Guarabira Marcos Diogo à advocacia

O documento foi assinado pelo presidente da Subseção de Guarabira, Alberto Evaristo, e pela Comissão de Defesa das Prerrogativas da Subseção

Publicado: 11/06/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), através da Subseção de Guarabira, emitiu nota de repúdio, nessa sexta-feira (10), contra o prefeito Marcus Diôgo, que na última quinta-feira (09) atacou à advocacia, durante pronunciamento na Câmara de Vereadores da cidade, afirmando que “o Direito oferece facilidades para o enriquecimento rápido”.

O documento foi assinado pelo presidente da Subseção de Guarabira, Alberto Evaristo, e pela Comissão de Defesa das Prerrogativas da Subseção. Na nota, além de repudiar a fala do prefeito, a “OAB manifesta absoluta solidariedade e irrestrito apoio a todas as Classes que direta ou indiretamente atuam como operadores do direito”.

O presidente da OAB-PB, Harrison Targino, afirma que a fala do prefeito é totalmente desrespeitosa em relação a todos os operadores do Direito, todas as classes que se envolvem na defesa de efetivação de direitos.

“É lamentável esse tipo de declaração, sobretudo vindo de um prefeito, que deveria ter a responsabilidade e a seriedade de entender o papel dos advogados, que muitas vezes o defendem, da advocacia pública, que defende o município, do Ministério Público, que atua em favor da sociedade, e da Magistratura, que julga as demandas submetidas na sua cidade”, declarou.

Além da nota, Harrison Targino ressalta que a OAB-PB e a Subseção de Guarabira irão realizar direito de resposta na mesma tribuna, na Câmara Municipal, com a presença do presidente da Subseção, Alberto Evaristo; e de advogados da região, para manifestar seu profundo descontentamento e o repúdio a esse tipo de desrespeito aos operadores do Direito.

Veja a nota abaixo:

Assessoria

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS