Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Operação investiga uso de documentos falsos por servidor de prefeitura na Paraíba

Durante as investigações, apurou-se haver indícios de que um servidor público do município estaria adulterando declarações de viabilidade técnica da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba, bem como falsificando assinaturas de servidores.

Publicado: 14/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (14/05) a denominada Operação Signare, que tem como objetivo combater possíveis crimes de falsidade ideológica e uso de documentos falsos praticados no município de Belém do Brejo do Cruz/PB.

Durante as investigações, apurou-se haver indícios de que um servidor público do município estaria adulterando declarações de viabilidade técnica da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba, bem como falsificando assinaturas de servidores deste órgão público estadual, com o objetivo de conseguir liberação de recursos da Caixa Econômica Federal para pavimentação de vias urbanas municipais.

Foi expedido um mandado de busca e apreensão pela 8ª Vara Federal de Sousa/PB, o qual foi cumprido na residência do servidor investigado, que fica no bairro Manoel Forte, em Belém do Brejo do Cruz/PB.

O termo “signare”, nome dado à operação de hoje, é uma palavra do latim cuja tradução significa “assinar”.

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS