Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Padrasto é preso suspeito de estuprar enteada; investigação aponta que mãe sabia dos abusos

De acordo com a Polícia Civil, a jovem tem 14 anos, mas desde os 12 era abusada pelo acusado.

Publicado: 04/05/2024

Foto: Ilustrativa/Secom-PB

Um homem foi preso suspeito de estuprar a própria enteada no município de Juazeirinho, na Paraíba. De acordo com a Polícia Civil, a jovem tem 14 anos, mas desde os 12 era abusada pelo acusado.

Ainda de acordo com a Polícia, o crime foi descoberto após a mãe retirar as filhas de 12 e 14 anos da escola, ocasião em que o Conselho Tutelar da cidade foi acionado. O órgão tomou conhecimento do caso por meio da adolescente e encaminhou a denúncia à polícia.

A delegada responsável pelo inquérito, Mairam Moura, relatou que a mãe da adolescente sabia do suposto abuso, inclusive, já havia flagrado o padrasto por diversas vendo as enteadas tomarem banho, porém, não fazia nada.

A menina contou ainda em depoimento que por várias vezes revelou à mãe que era estuprada pelo companheiro dela, narrando episódios onde travesseiros eram colocados na boca, na tentativa de asfixiar, mas a mulher sempre ficava contra a filha, inclusive, agredindo a filha por ciúmes do homem.

O padrasto e a mãe foram presos em flagrante após determinação da Justiça. Ele pelo crime de estupro e ela por suspeita de participação.

Com Portal Paraíba

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS