Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Paraíba é destaque na imprensa nacional sobre ranking de estados que podem zerar fila de cirurgias no SUS

Segundo a Agência Brasil e o site Metrópoles, "Tocantins, Sergipe, Piauí, Paraíba e Mato Grosso do Sul podem zerar suas filas de cirurgias no SUS, conforme previsão do Ministério da Saúde.

Publicado: 03/01/2024

Foto: Secom-PB/Arquivo

A Paraíba foi destaque na imprensa nacional, nesta terça-feira (2), em ranking que mostra os cinco estados que podem zerar fila de cirurgias no Sistema Único de Saúde (SUS). A Agência Brasil e o site Metrópoles repercutiram o programa de redução de filas de cirurgias do Ministério da Saúde, que tem a mesma linha de ação do programa Opera Paraíba, do Governo do Estado. O destaque foi comemorado pelo secretário de Saúde da Paraíba, Jhony Bezerra.

Segundo a Agência Brasil e o site Metrópoles, “Tocantins, Sergipe, Piauí, Paraíba e Mato Grosso do Sul podem zerar suas filas de cirurgias no Sistema Único de Saúde (SUS), conforme previsão do próprio Ministério da Saúde. Balanço divulgado pela pasta mostra que, até outubro de 2023, 250 mil cirurgias foram realizadas no país – mais de 70% da meta do Programa Nacional de Redução de Filas.”

Ainda segundo a reportagem da Agência Brasil, republicada pelo Metrópoles, a expectativa do ministério é que o novo programa reduza a espera de pacientes por procedimentos que ficaram represados – principalmente durante a pandemia de covid-19. O investimento anunciado pelo governo federal é de R$ 600 milhões. A pasta classifica o enfrentamento a filas de cirurgias como um dos maiores desafios do SUS.

A meta é realizar mais de 500 mil cirurgias da fila declarada pelos estados. Entre os procedimentos mais listados estão cirurgia de catarata, retirada da vesícula biliar, cirurgia de hérnia, remoção de hemorroidas e retirada do útero. O programa tem vigência de um ano, podendo ser prorrogado por igual período.

Por Lucas Isídio, com Agência Brasil

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS