Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Paraíba enviará ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira

Segundo a lista divulgada pelo Consócio Nordeste, o estado enviará bombeiros, veículos e cachorros para o Rio Grande do Sul.

Publicado: 06/05/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

A Paraíba estará enviando nesta segunda-feira (6), equipes do Corpo de Bombeiros Militares em direção as áreas afetadas no Rio Grande do Sul. A ação, em conjunto com o Consócio Nordeste e outros oito regiões, tem como objetivo enviar brigadistas e Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para ajudar as vítimas das fortes que atingiram o estado gaúcho.

Em uma publicação no X, antigo Twitter, o governador da Paraíba, João Azevêdo, lamenta a tragédia e morta apoio:

“Diante de tudo que tem vivido o Rio Grande do Sul, manifestamos toda nossa solidariedade ao povo gaúcho. Em contato com o governador Eduardo Leite, colocamos as forças de segurança do nosso Estado à disposição para auxiliar no socorro às vítimas dessa catástrofe climática”, disse João Azevêdo.

Segundo a lista divulgado pelo Consócio Nordeste, o estado enviará bombeiros, veículos e cachorros para o Rio Grande do Sul. Confira a lista completa:

  • 2 Viaturas tipo ABS
  • ⁠2 Embarcações infláveis
  • 2 Equipes de salvamento
  • 2 Binômios certificados em restos mortais
  • ⁠2 Viaturas de canil

Chuvas afetam 781 mil pessoas no Rio Grande do Sul

As fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul desde a semana passada já afetaram mais de 780,7 mil pessoas. Até o momento, 75 pessoas morreram, de acordo com o último boletim da Defesa Civil divulgado às 12h deste domingo (5). Outros seis óbitos ainda estão em investigação e 155 pessoas ficaram feridas. Há ainda 103 pessoas desaparecidas.

O número de óbitos superou a última catástrofe ambiental do estado em setembro de 2023, quando 54 pessoas perderam a vida devido a passagem de um ciclone extratropical. As autoridades afirmam que este é o pior desastre climático da história gaúcha.

As chuvas também obrigaram 95,7 mil pessoas a abandonarem suas casas, entre 104,6 mil desalojados e 16,6 mil desabrigados. Dos 497 municípios gaúchos, 334 foram afetados pelas fortes chuvas, o que representa 67,2% das cidades do estado.

Como ajudar

Neste momento, os itens mais necessários para doação são colchões novos ou em bom estado, roupa de cama, roupa de banho, cobertores, água potável, ração animal e cestas básicas, preferencialmente fechadas para facilitar o transporte.

Fonte: Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS