Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Paraíba registra 46 ocorrências policiais durante Eleições 2022, diz secretário de segurança

Entre as ocorrências registradas estão casos suspeitos de boca de urna, desobediência eleitoral e transporte irregular de eleitores.

Publicado: 03/10/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

Ao menos 46 ocorrências relacionadas a crimes eleitorais foram registradas na Paraíba durante o domingo (2), primeiro turno das Eleições 2022. Segundo o secretário de segurança do Estado da Paraíba, Jean Nunes, de modo geral, processo eleitoral transcorreu de forma tranquila.

De acordo com o secretário, entre as ocorrências registradas estão casos suspeitos de boca de urna, desobediência eleitoral e transporte irregular de eleitores. Agentes da Polícia Militar, em conjunto com a Polícia Civil e a Polícia Federal, conseguiram conduzir os envolvidos para delegacias em todos os casos.

“Todos os casos tiveram tratamento imediato, vários foram checados e não foram comprovados. O esquema de segurança conseguiu trazer aquilo que a gente esperava, que a eleição ocorresse com tranquilidade e segurança”, disse Jean Nunes.

Ainda segundo o secretário, nos municípios em que houve pedido de envio e tropas federais, Pocinhos, Puxinanã e Montadas, o policiamento do Estado conseguiu dar conta da segurança da região.

“Houve pedido de tropas federais, mas a gente justificou que não estava ocorrendo nada de extraordinário. Justificamos ao TRE que as forças de segurança poderiam dar essa resposta, e o resultado que se apresentou foi a comprovação”, explicou

No interior do estado da Paraíba, ainda há policiais que foram destinados ao trabalho nas Eleições 2022, nesta segunda-feira (3), para garantir a segurança nas festas de comemoração dos candidatos eleitos.

Para o segundo turno das eleições, previsto para acontecer no dia 30 de outubro, o secretário Jean Nunes afirmou que o planejamento de segurança deve ser ajustado.

“Todo planejamento precisa ser ajustado. Tivemos grandes acertos na operação desses últimos dias, mas naturalmente a gente vai fazer alguns ajustes. Para o segundo turno, vamos procurar empregar a mesma força”, finalizou.

Por g1 PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS