Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Paraibana recebe caixão como pagamento de indenização e agora luta para vendê-lo

Jucykelly Ventua foi demitida de uma funerária. Depois a morte do dono, ela foi informada que a empresa não teria dinheiro para pagar a indenização. Foi aí que o caixão entrou na história.

Publicado: 25/11/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

A casa onde mora o pai da paraibana Jucykelly Ventura da Silva Almeida ganhou um novo item decorativo: uma urna funerária avaliada em R$ 10 mil reais.

Tudo começou quando Jucykelly foi demitida de uma funerária, após passar dois anos empregada. Depois a morte do dono, ela foi informada que a empresa não teria dinheiro para pagar a indenização. Foi aí que o caixão entrou na história.

Ao repórter Edvaldo Reis, da rádio Santa Maria, do Sistema Correio em Monteiro, Jucykelly contou como tudo aconteceu. Assista:

Mas, não foi tão fácil achar um local para guardar a enorme caixa de madeira. Por isso, ela recorreu ao pai, Edmilson Ventura. Mesmo com receio, ele concordou em abrigar o novo imóvel da casa.

Jucykelly disse que já tentou vender, mas ainda não conseguiu. Chegou a receber uma proposta de R$ 500, um valor muito abaixo do que o caixão vale. Enquanto não aparece um comprador, Seu Edmilson terá que abrigar um espaço que muita gente não quer passar nem perto.

Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS