Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Polícia Federal prende homem que planejava abusar da própria filha em Areia, no Brejo paraibano

Uma mulher, que seria a mãe da criança, também foi alvo da operação. Segundo a PF, o casal trocava mensagens no qual planejavam estuprar a própria filha.

Publicado: 04/12/2023

Foto Ilustrativa/Reprodução

Um homem foi preso pela Polícia Federal na manhã desta segunda-feira (4), durante a Operação Aurora. Segundo as investigações, o suspeito, que tem 41 anos, planejava estuprar a própria filha.

O mandado de prisão foi cumprido na cidade de Areia-PB. O alvo da operação já possui condenação anterior por crime de estupro de vulnerável e cumpria pena em regime aberto com uso de tornozeleira eletrônica.

A operação também cumpriu um mandado de busca e apreensão contra uma mulher, a mãe da criança, que reside no bairro de Mangabeira VIII, em João Pessoa. Ela trocava mensagens por meios de aplicativos, no qual planejavam estuprar a filha deles, que tem apenas 1 ano e 4 meses de idade, e mora com a mãe. Os planos para abusar sexualmente da criança começaram antes mesmo dela nascer, quando a acusada ainda estava grávida.

Além disso, foram encontrados vários indícios de que o acusado abusou sexualmente de outras crianças e adolescentes. Ele registrou os crimes e compartilhou as imagens em grupos de pedófilos em aplicativos de mensagens, incluindo centenas de imagens abuso de bebês recém-nascidos.

A justiça proibiu a investigada de manter contato com a própria filha. O Conselho Tutelar prestou auxílio no cumprimento desta medida.

O casal investigado poderá ser condenado pelos crimes de produção de material pornográfico infantil, compartilhamento e armazenamento de imagens contendo cenas de abuso sexual contra criança e, ainda, por estupro de vulnerável. As penas somadas podem chegar a 27 anos de reclusão.

Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS