Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Polícia suspeita que Tiago Fontes abusou sexualmente de Ana Sophia

O delegado Aldrovilli Grisi esclareceu que existem indícios de que Tiago Fontes, principal suspeito no caso, tenha abusado sexualmente da criança antes de cometer o homicídio.

Publicado: 14/11/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

Em uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira (14), a Polícia Civil da Paraíba apresentou informações cruciais sobre a investigação do desaparecimento da menina Ana Sophia. O delegado Aldrovilli Grisi esclareceu que existem indícios de que Tiago Fontes, principal suspeito no caso, tenha abusado sexualmente da criança antes de cometer o homicídio.

O delegado informou que a hipótese de abuso sexual é considerada plausível, com base nos depoimentos e em detalhes revelados durante a investigação. Ele destacou a influência de uma cultura injusta com as mulheres no ambiente rural, mencionando a prática de desvirginamento de crianças como parte dessa cultura. “Todo esse cenário, nós acreditamos, inclusive com as afirmações que ele mesmo falou, sobre a atividade sexual dele na delegacia, nos leva a supor que tenha sido um crime de cunho sexual”, afirmou Grisi.

Além disso, foi revelado que Tiago Fontes pesquisou como cometer crimes contra crianças. A perícia no celular do suspeito indicou que ele realizou pesquisas na internet sobre crimes contra crianças e estágios de decomposição do corpo humano.

“Alguns desses casos possuem algo em comum, que é a motivação sexual. Inclusive, eu me lembro bem de quando, na delegacia, ele olhou para mim e disse que estava com problema de impotência. Eu perguntei por que ele estava me contando aquilo e ele disse: ‘Se o senhor está me acusando, só poderia haver uma motivação: sexual. E eu estou falando para o senhor que eu estou impotente”, relatou Aldrovilli Grisi.

PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS