Em meio a pandemia, festas com aglomerações e pessoas sem máscaras são encerradas durante feriadão de Ano Novo em cidades da Paraíba

A Polícia Militar chegou as locais após denúncias de aglomerações

4 de janeiro de 2021   

A Polícia Militar encerrou duas festas com aglomerações e pessoas sem máscaras durante o feriadão de Ano Novo na Paraíba. De acordo com informações da Polícia Militar, as festas aconteceram uma em João Pessoa e outra em Baía Traição. 

A Polícia Militar chegou as locais após denúncias de aglomerações, som alto e várias práticas ilegais. Ainda segundo a PM, também houve uma denúncia na cidade do Conde, porém ao chegar no local, não constatou aglomeração. 

O primeiro caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (1º), na comunidade Alagoinha, no bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa. Ao receber várias denúncias os policiais se dirigiram até o local. 

Chegando no local da festa foi constatado a presença de mais de mil pessoas sem máscaras e aglomeradas. A festa estava acontecendo em uma rua que tinha sido interditada pelos participantes sem nenhuma autorização dos órgãos de trânsito. 

 Ao serem surpreendidos pela chegada do BOPE, muitos dos participantes jogaram garrafas de vidro em direção aos policiais, que reagiram. Um homem foi preso com uma arma. Os organizadores do evento, bem como os responsáveis por colocarem paredões de som de carro no local, devem ser investigados e podem responder na justiça.

O segundo caso aconteceu na madrugada do domingo (03), em Baía da Traição, no litoral norte da Paraíba. Uma guarnição do Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) esteve presente no local para dispersar as aglomerações. Ninguém foi preso. 

Por Isabela Melo