Polícia Civil prende suspeito de assassinar agricultora na cidade de Santo André

O homem preso foi encaminhado a uma unidade prisional, onde aguardar decisão da justiça.

30 de dezembro de 2020   

A Polícia Civil da Paraíba, por meio do Grupo Tático Especial (GTE) de Esperança com o apoio da Delegacia Municipal de Juazeirinho, prendeu nesta terça-feira, 29 de dezembro, um homem de 58 anos de idade, suspeito de ter assassinado Luzia Felipe da Silva, 38 anos, no sítio Lagoa, zona rural de Santo André. O crime foi cometido no dia 20 de dezembro de 2020.

De acordo com o delegado Cristiano Santana, coordenador do GTE, a Polícia Civil conseguiu na justiça o mandado de prisão preventiva em desfavor do suspeito e realizou diligências em vários municípios da região, em residências de familiares do procurado, uma vez que ele não manteve endereço fixo após o delito.

“Certamente sob a pressão dessas nossas buscas, esse senhor acabou vindo até a delegacia para se entregar, pois as diligências policiais, frutos de sua conduta, estavam constrangendo até seus parentes mais próximos. Como já estávamos com o mandado de prisão, foi cumprido de imediato”, disse o delegado.

Na delegacia, o suspeito confessou o delito e disse que ele, uma filha sua e a vítima Luzia estavam em um bar. Em determinado momento, o suspeito teve um atrito com a filha e tentou agredi-la com uma faca.

“Luzia teria tentado evitar esse ataque e acabou sendo ferida pela faca, conforme a versão do homem preso. Ou seja, Luzia morreu para proteger a filha do suspeito”, explicou Cristiano.

O homem preso foi encaminhado a uma unidade prisional, onde aguardar decisão da justiça.

Leia mais: