Polícia investiga estupro de adolescente que teria sido dopada em festa no Agreste paraibano

Até o momento, ninguém foi preso.

12 de outubro de 2020   

Foto: Divulgação/Assessoria/Polícia Civil

A Polícia Civil está investigando o possível estupro de uma adolescente de 16 anos, no Agreste paraibano. A jovem teria sido dopada e estuprada depois de sair de uma festa em uma granja localizada entre as cidades de Lagoa Seca e São Sebastião de Lagoa de Roça, na madrugada do domingo (11).

A adolescente teria saído da festa com um homem, que ainda não foi identificado. Depois, ela foi à delegacia e disse ter sido dopada e estuprada, mas não lembrava por quem.

Pelas circunstâncias, a polícia suspeita que o crime pode ter sido praticado por mais de uma pessoa. 

As roupas da adolescente estavam manchadas de sangue e foram encaminhadas para perícia no Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol). Ela também foi submetida a exame de corpo delito.

Até o momento, ninguém foi preso.

Leia mais: