Câmara de Campina paga R$ 20 mil aos funcionários que estão apenas “à disposição”

A presidência da casa não se manifestou

4 de outubro de 2017   

Você certamente ainda não ouviu falar de funcionários que estão “à disposição” de um poder, ou já? Na Câmara de Campina Grande, no agreste, existe uma lista de cerca de 20 (vinte) funcionários intitulados de “à disposição”. Os dados foram colhidos através do Sagres, referentes até o mês de agosto.

*Os dados estão disponíveis no sagres, referentes ao mês de agosto/2017.

A presidente da Câmara de Campina Grande é a vereadora Ivonete Ludgério (PSD), esposa do Deputado Estadual Manoel Ludgério (PSD). A Casa Félix Araújo, sozinha, detém um orçamento de quase R$ 2 milhões ao mês. Esses funcionários que estão “à disposição” recebem valores bem diferenciados, podendo chegar aos R$ 4.000,00.

Ao certo a população desconhece quais os tipos de atividades que são desempenhadas por esses profissionais e o motivo de mantê-los diante de uma crise econômica que assola o país. Tudo que sabemos é que a Câmara de Campina vive “folgada” economicamente e os salários são invejáveis.

Da redação.