Eliza pede a Ricardo para proibir a realização da exposição ‘Queer Museum’ na Paraíba

“Os paraibanos não querem este tipo de arte. Nós somos um povo que prezamos pela família”, enfatizou a tucana

5 de outubro de 2017   

Eliza afirma que os paraibanos não querem este tipo de arte (Foto: Walla Santos)

A Deputada  Eliza Virgínia (PSDB) protocolou, nesta quinta-feira (5), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), um projeto indicativo solicitando ao Governo da Paraíba a proibição da exposição ‘Queer Museum’. “Os paraibanos não querem este tipo de arte. Nós somos um povo que prezamos pela família”, enfatiza a tucana.

“Em vários estados a população não queriam a exposição, a exemplo de Porto Alegre, São Paulo e Rio de Janeiro. E aqui na Paraíba nós vemos isso, pois os paraibanos não querem esse tipo de arte aqui”, disse Eliza.

Eliza enfatiza a decisão do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), em não aceitar a ‘Queer Museum’ e apela ao governador Ricardo Coutinho (PSB) para fazer o mesmo. “Espero que o governador pense nas milhares de família que prezam pela os valores familiar”, disse.

Essa exposição está passando por alguns estados e ficou conhecida nacionalmente por vilipendiar religião alheia, incentivo a pedofilia, a pornografia, zoofilia, entre outros.

A mostra reúne 270 obras do início do século 20 até os dias de hoje, dialogando com a diversidade de expressão de gênero.

Redação com ClikParaiba