INUSITADO: Em Pedra Lavrada, Câmara recusa aumento de salário mínimo e prefeito não paga a folha

Os vereadores de Pedra Lavrada foram contra o aumento do salário mínimo.

9 de fevereiro de 2018   

Prefeito de Pedra Lavrada, Jarbas Melo, do PSD.

De acordo com o prefeito de Pedra Lavrada, Jarbas Melo (PSD), um fato inusitado aconteceu na cidade. Jarbas informou que, os vereadores votaram contra o aumento do salário mínimo, impossibilitando o executivo pagar a folha de pessoal hoje, dia 09.

O episódio ficou por conta da bancada de oposição, que conta com quatro vereadores: Junio do Serrote (PSB), Neguinho do Cordeirão (PR), Nivaldo Clidorio (PSB) e Gilson Ferreira (PSB).

Jarbas informou que enviou a proposta no dia 29 de janeiro, e os vereadores recusaram.

– Essa semana teve um caso inusitado na nossa cidade. Os vereadores votaram contra o aumento do salário mínimo – informou.

O prefeito ainda confidenciou que pretendia pagar a folha de pessoal hoje. “Não pagamos a folha em virtude dessa pendência”.

REVIRAVOLTA

Na noite desta sexta, dia 09, a câmara voltou a apreciar o projeto. Mais uma vez os vereadores de oposição causaram polêmica em sugerir aumento de salário para todas as classes, inclusive acrescentando emenda ao projeto original .

O prefeito se manifestou afirmando que irá vetar, visto que o legislativo não poderá gerar essas despesas.

PAGAMENTO DA FOLHA

O prefeito justificou que não pagou a folha, referente ao atual mês, por determinação do Tribunal de Contas (TCE), visto que a Câmara deveria ter aprovado o reajuste anteriormente.

Redação.