Menos de sete dias de gestão, Eliane Galdino enfrenta várias cobranças de empregos “prometidos”

Em menos de sete dias que assumiu a prefeitura de Pocinhos, a prefeita vem enfrentando inúmeras cobranças de promessas de empregos.

6 de janeiro de 2021   

Foto: Assessoria

No último dia 14 de Dezembro de 2020, o ex-candidato a prefeito de Pocinhos, Emmanoel Pereira(PDT), que não logrou êxito nas urnas, durante entrevista ao programa Se Liga PB, denunciou que a vitória de sua adversária se deu em virtude de milhares promessas de empregos e locação de carros.

 “Dizer àquelas pessoas que receberam propostas de emprego, de locação de carro, que comecem a correr atrás. Não aceitem desculpas de que a prefeitura está quebrada, isso é conversa. Vão atrás e exijam”. Parece que a cobrança de Emmanoel a época surtiu efeito. RELEIA A MATÉRIA

Em menos de sete dias que assumiu a prefeitura de Pocinhos, a prefeita Eliane Galdino(Avante) vem enfrentando inúmeras cobranças de promessas de empregos. Vários pocinhenses gravaram vídeos ou mandaram aúdios nos grupos de whatsapp, dizendo terem sido procurados pelo grupo durante a campanha, recebendo esse tipo de propostas.

O Se Liga PB recebeu vários aúdios e vídeos, que será preservada a identidade desses denunciantes. O espaço fica aberto para que a assessoria da prefeita possa se explicar.

Veja abaixo algumas transcrições dos aúdios e vídeos que chegaram à nossa equipe:

“Luciano vendeu uma blazer, e comprou um ônibus, foi falar com Adriano(Adriano Galdino, presidente da ALPB e esposo de Eliane) pra botar pra rodar, carregar os alunos, Adriano mandou ele devolver o ônibus. Que se ele quisesse trabalhar era no emprego que ele tava no Trauma(Hospital de Trauma de Campina Grande). Pode devolver o ônibus que não tem vaga para ônibus pra você não. Aí ele foi devolver o ônibus na loja que ele trocou com a blazer, e o dono disse que não tinha essa história de destrocar carro não. E outra coisa: Sua blazer eu já vendi, pode levar o ônibus de volta. E parece que tá numa Kombi agora. Vai vir mais ‘muído’ por aí. Votaram nesse povo tudo iludido por emprego.”

“Batista, depois dê uma palavrinha com Adriano sobre Artur, porque ontem Tiago foi falar com ele no Parque das Pedras e disse que Artur o problema era contigo.[…] Artur já tá com vontade de desistir sabe, porque toda campanha Artur trabalhou que nem doido pro lado de Adriano, e nunca foi recompensado com nada. Quando é agora, até pra arrumar um ‘vira-bico’ é uma burocracia danada; tem que falar com nem sei quem, não sei quem; E aí vai ficando difícil, porque se for pro cara correr atrás, eu já disse a ele que não vá mais atrás não, se aquiete no seu canto que é o melhor que você faz, eu já até disse isso a ele. E depois pra eu rasgar o galo eu rasgo mesmo.”

“Adriano me prometeu emprego antes da política. Me prometeu emprego, eu fui atrás dela(Eliane), porque ela é a prefeita, porque tanto ela como ele resolve. Fui atrás dela, e ela disse que não poderia mais colocar ninguém, porque já tava tudo cheio os cargos. Eu como uma mãe de família tenho quatro filhos, e até uns dias atrás eu coloquei que estava passando por necessidades com meus filhos, e meu esposo parado. E muita gente me ajudou, só que a gente não precisa a vida inteira de ajuda, a gente precisa é de um emprego. E é isso que eu quero, um emprego que eu quero. Ela mal falou comigo, mal olhou pra mim, porque eles só olham para quem é alto igual eles, não olha para as pessoas baixo não. Eles falam que vão reconstruir Pocinhos, que vão cuidar com amor e carinho, então eles deveriam cuidar das mães de família que precisam como eu, que tem filho pequeno pra criar.”

Redação Se Liga PB