MONTADAS: Escola Estadual, criada para funcionar no período integral, têm esgoto à céu aberto e teto da quadra caindo

As condições precárias em que se encontram a unidade escolar, coloca a vida dos estudantes em risco.

11 de setembro de 2019   

Escola tem um esgoto à céu aberto. (Foto: Reprodução Whatsapp)

Temendo perseguições, ou retaliações com motivações políticas, estudantes,professores e funcionários da Escola Estadual Maria José de Souza, em Montadas, denunciam as condições precárias em que se encontram a unidade escolar, colocando a vida dos estudantes em risco.

Segundo informações, a unidade esse ano passou a funcionar em tempo integral, aonde todos os estudantes passam manhã e tarde dentro da escola.”Nossa escola não tem muita estrutura, para se passar um dia todo estudando. Os professores são maravilhosos, mas o que prejudica é a situação precária da construção”, denunciou um aluno, que pediu para não ser identificado, ao nosso portal.

“Estamos com o teto da quadra caindo e esgotos à céu aberto. Um cheiro horrível”, destacou o aluno. “Uma equipe foi para um evento que aconteceu em Esperança , aonde o governador João Azevedo disse que iria dar a nossa reforma”, complementou.

“Saíram muitas reformas de escolas por todas estado , somente a nossa que demora”, reclamou o aluno. A equipe do Se Liga PB não recebeu nenhuma resposta, por parte da Secretaria Estadual de Educação, até o fechamento desta publicação.

O estudante enviou um vídeo, aonde mostra o teto da escola correndo risco de cair(VEJA O VÍDEO ABAIXO ou na Página do Se Liga PB, no facebook):

VÍDEO: Estudantes,professores e funcionários da Escola Estadual Maria José de Souza, em Montadas, denunciam as condições precárias em que se encontram a unidade escolar, colocando a vida dos estudantes em risco. #SeLigaPB

Publicado por SE LIGA PB em Quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Redação