Pobreza na Paraíba cresce 4%, apesar da arrecadação do Estado ter aumentado 30,12% em junho deste ano

O deputado Tovar tem cobrado do Governo do Estado ações concretas com relação ao Plano de Retomada da Atividade Econômica na Paraíba

11 de setembro de 2021   

Deputado Estadual Tovar / Foto: Assessoria

A pobreza cresceu 4% entre o primeiro trimestre de 2019 e o mês de janeiro deste ano na Paraíba. O número saltou de 41,2% da população para 45,2%. A pobreza extrema, que em 2019 alcançava 13,7% no Estado, já representa 14%, conforme estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre). Apesar disso, o deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) destaca que a arrecadação própria do Estado da Paraíba (ICMS, IPVA e ITCD) apresentou expansão de 30,12% em junho deste ano sobre igual mês do ano passado. Em valores absolutos, houve recolhimento de R$ 622,6 milhões dos três impostos.
 
“Isso mostra o quanto o Governo do Estado não está preocupado com o sofrimento das pessoas. Enquanto a arrecadação de impostos aumenta, as pessoas ficam mais pobres. Esse é o retrato de uma Paraíba que não recebe a atenção devida por parte dos seus governantes. Sempre nos posicionamos e cobramos soluções para amparar milhares de paraibanos que perderam seus empregos durante a pandemia. Chegamos a sugerir a criação de um auxílio estadual, mas infelizmente o governador não nos atendeu. A realidade está aí nas ruas de todos os municípios; está nos números que mostram o aumento da pobreza”, destacou Tovar.
 
De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB), no acumulado do primeiro semestre deste ano, a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e do Imposto de Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) registrou uma variação real de 19,02% sobre igual período de 2020, quando deflacionado pelo indicador IPCA-15. A receita própria dos três impostos de janeiro a junho deste ano apresentou incremento de R$ 756,6 milhões.
 
Em valores absolutos, o ICMS liderou o incremento da receita própria em R$ 681,6 milhões, seguido mais distante pelo IPVA (R$ 59,9 milhões) e, em terceiro, pelo ITCD, com R$ 15,1 milhões. Assim como foi no mês de maio, houve taxa elevada de crescimento em junho em dois dos três tributos estaduais (ICMS e ITCD). Isso se deve a uma base fraca de arrecadação no mês de junho do ano passado, devido aos efeitos econômicos da pandemia.
 
Retomada – O deputado Tovar tem cobrado do Governo do Estado ações concretas com relação ao Plano de Retomada da Atividade Econômica na Paraíba. Nessa linha, o parlamentar tem levado aos municípios paraibanos o ‘Fórum Caminhos da Retomada’. A proposta é buscar junto às entidades produtivas, os setores empresariais, comerciantes, universidades e a população ideias que possam garantir a construção de um plano de retomada econômica na Paraíba para o pós-pandemia.
 
Entre as propostas levadas pelo parlamentar está a criação do Centro Paraibano de Emprego, que será um espaço de oportunidades visando reunir serviços de abertura de empresa e de apoio ao pequeno empresário que quer recuperar o seu negócio, com parcerias com bancos de fomento de crédito e cooperativas.

Assessoria