Prefeito de Puxinanã diz que presidente da Câmara vem agindo de forma “ditatorial”, e sessão termina em confusão

Devido a este fato, a sessão da noite da última terça-feira(12) acabou em bate-boca e confusão.

14 de março de 2019   

Vereador de Puxinanã Didi da Farinha.

O atual presidente da Câmara Municipal de Puxinanã, Luiz Nascimento(Didi da Farinha), vem agindo de forma ditatorial. A constatação foi feita pelo prefeito de Puxinanã, Felipe Coutinho, que lamentou a postura que vem adotando o chefe do legislativo municipal. Devido a este fato, a sessão da noite da última terça-feira(12) acabou em bate-boca e confusão.

“Na câmara de vereadores de Puxinanã o presidente saiu vaiado pelos presentes, inclusive por várias vezes foi chamado de ditador, tudo aconteceu porque o presidente empurrou de goela a baixo projetos que os vereadores da situação sequer tinham conhecimento e/ou tinham recebido antes do início da sessão”.

O prefeito ainda acrescentou que os vereadores da sua base pediram para retirar as propostas da pauta e foram ignorados em tudo. Coutinho ainda reclamou da votação do projeto que pune vereadores que usarem suas prerrogativas para exercer o seu mister numa clara tentativa de amordaçar os edis que fazem parte da base do prefeito. “O pior, embora a Lei Orgânica do Município possibilite aos secretários fazerem a explanação sobre projetos enviados pelo executivo, o Procurador do Município foi alijado, impedido pelo presidente de usar esse direito, o que não se entende, já que o Assessor Jurídico da Câmara usou da tribuna por aproximadamente 40 minutos para fazer discursos de questões que não estavam na ordem do dia, tudo com a anuência e permissão do presidente”.

Coutinho ressaltou ainda que essa forma de agir do atual presidente Didi da Farinha em nada ajuda a democracia e os interesses do povo puxinanaense.

Redação com Página 1 PB