Presidente da Câmara Municipal de Remígio, Nando Pereira, fala como está o clima entre os vereadores após o rompimento do prefeito André Alves com o deputado estadual Chió

Nando ainda falou sobre as produções da Câmara Municipal durante o ano de 2021

Publicado: 07/01/2022

Presidente da Câmara de Remígio, Nando. (Foto: Se Liga PB)

O presidente da Câmara Municipal de Remígio, vereador Cizenando Pereira (PDT), o Nando, em entrevista na manhã desta sexta-feira, 07, ao Programa Se Liga PB, disse que o clima, no geral, depois do rompimento do prefeito André Alves (PDT) com o deputado estadual Chió (REDE), não é de muita comemoração, uma vez que, tem um desgaste para os dois lados.

Segundo Nando, uma rachadura nunca é algo positivo e, quanto a seu voto em Chió, falou que não era que não queria votar no deputado, mas sim porque tinha um compromisso com outro deputado que havia votado antes.

“Foi um acordo particularmente, eu já tinha dito a André, eu tenho alguns compromissos que eu tenho que honrar. Eu tinha feito alguns compromissos com o então deputado que eu tinha votado na época a federal, que é Efraim. Eu já tinha dito a Efraim Morais, se o senhor botar seu filho, pode ter certeza que automaticamente eu vou apoiá-lo”, frisou Nando.

Cizenando ainda falou sobre as produções da Câmara Municipal e contou que durante o ano de 2021 foram demandados 421 requerimentos aprovados, 52 projetos de leis e, mesmo com a pandemia, 4 audiências públicas, seguindo todos os protocolos de segurança.

Nando também frisou que existe um grande comprometimento da Câmara de Remígio, tanto da situação quanto da oposição, com a população do município e que as produções estão sendo bem aceitas e executadas pela gestão de André Alves.

Redação Se Liga PB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS