Professores de Pocinhos entram em greve por falta de pagamento

A greve inicia nesta terça-feira, dia 23.

23 de janeiro de 2018   

Os professores decidiram, em assembleia, entrar em greve.

Os professores de Pocinhos decidiram, em assembleia, na manhã desta terça-feira, dia 23, na Câmara Municipal da cidade, entrar em greve por tempo indeterminado. A decisão aconteceu mediante atrasos de salários e direitos da categoria.

A diretora do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste da Borborema (Sintab) , Cilene Sales, disse que a prefeitura não pagou o salário dos professores, referente aos meses de dezembro e janeiro, como também o terço de férias e a atualização do piso do professor.

Ela ainda garante que o ano letivo apenas iniciará mediante os pagamentos e qualifica a situação como desrespeitosa, por parte do poder público municipal. “É uma situação desrespeitosa. Os professores trabalham 200 dias letivos e durante as férias não conseguem receber seus salários e direitos”, desabafa.

Não conseguimos contato com a secretaria de educação de Pocinhos.

Redação.