SAÚDE: vereador denuncia precariedade em Pocinhos: “falta o básico”

Memel enfatiza que o descaso é tão grande que falta o básico na farmácia. Os relatos, segundo o parlamentar, são dos próprios usuários

9 de junho de 2021   

Vereador Ramatis Chaves, O Memel. Foto: Assessoria Câmara de Pocinhos

O vereador e líder da oposição na Câmara de Pocinhos, Memel Chaves (Pros), voltou a usar as redes sociais para denunciar a precariedade que vive os munícipes, principalmente quando se refere a saúde municipal.

Memel enfatiza que o descaso é tão grande que falta o básico na farmácia. Os relatos, segundo o parlamentar, são dos próprios usuários.


-Hoje uma senhora da zona rural, andando pela rua atrás de remédios que antes tinham na farmácia básica do município, antibiótico, são muitas pessoas pedindo nas ruas, ajudas, pois não se ver a Secretária de saúde nem muito menos a prefeita do Município – escreveu em uma rede social.

-Faltam medicamentos básicos, assim como tantos outros, psicotrópicos, anti inflamatórios, anti térmicos, etc – apontou.

-Esses remédios, entre eles o antibiótico, custa 20,00 (vinte reais), isso mesmo, vinte reais, é pouco!? É sim, para o poder Público é uma merreca, mas para quem mora na zona rural, quem tá passando necessidades, quem não tem nem a feira pra comer, para os humildes, é muito – se sensibilizou.

Clique AQUI e tenha acesso a publicação!

Redação