Seis mil pessoas devem participar de Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia

Nesta quarta-feira (13) o deputado Estadual Chió (REDE) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa em homenagem à memória de Marielle Franco

13 de março de 2019   

Deputado estadual Chió

A décima edição da Marcha pela Vida das Mulheres e pela Agroecologia espera reunir cerca de seis mil pessoas nas ruas de Remígio, nesta quinta-feira, 14 de Março. A marcha consolida-se como um dos principais movimentos de mobilização pelas causas femininas em toda região.

Nesta quarta-feira (13) o deputado Estadual Chió (REDE) ocupou a tribuna da Assembleia  Legislativa em homenagem à memória de Marielle Franco. O parlamentar pontuou que em 2019, ano em que a marcha completa dez anos de edição, a mesma volta a percorrer as ruas de Remígio, onde o movimento surgiu.

Chió dimensionou a força e o apelo que envolve a marcha, sobretudo, pela repercussão regional  dos debates locais. “A marcha é organizada pelo Sindicato de Trabalhadores Rurais de Remígio, pelo Pólo Sindical da Borborema e pela AS-PTA. Um evento que merece o reconhecimento e a participação dos pares da Assembleia Legislativa pela resistência, sensibilidade, pioneirismo e atualidade”, ressaltou Chió, ao confirmar presença.

De acordo com a assessoria de comunicação da Associação de Agricultura Familiar e Agroecologia (AS-PTA), além de marcar o Dia Internacional da Mulher na Região, objetiva-se dar visibilidade ao papel das mulheres camponesas na construção da agricultura familiar agroecológica e denunciar todas as formas de violência contra a mulher.

Em Remígio, a concentração acontece às 8h no Alto da Colina, envolvendo nomes de destaque do movimento de mulheres da Paraíba.