Vereador de Pocinhos diz que prefeita “só funciona na pressão” e pretende levar caso de peixe podre ao MP

A entrevista repercutiu neste sábado (03), no programa Se Liga PB, apresentado pelos jornalistas Paolloh Oliver e Alidiane Carlos.

3 de abril de 2021   

Vereador de Pocinhos Memel Chaves. Foto: Evanilson Araújo – Se Liga PB

O vereador oposicionista de Pocinhos, Memel Chaves (Pros) disse que o prazo dado para a gestão da atual prefeita Eliane Galdino (Avante) se organizar foi esgotado, de acordo com o parlamentar, em poucos meses já é possível relatar vários problemas administrativos: “São várias denúncias de irresponsabilidade e de improviso. Infelizmente vivenciamos um caos. Uma prefeita que trabalha como panela de pressão, na pressão”, falou durante a entrevista no Programa Se Liga PB, edição deste sábado (03).

O vereador denunciou que a gestão de Pocinhos distribuiu na última quarta-feira (31) peixes estragados para centenas de pessoas, que relataram em suas redes sociais. Prestando solidariedade as famílias carentes, Memel frisou que o caso deverá chegar ao conhecimento do Ministério Público (MP). “Mesmo distribuindo pela segunda vez o peixe, não será retirada da prefeitura a responsabilidade de ter distribuído peixes podres. Vamos nos reunir para levar o caso ao Ministério Público (MP), juntando provas e relatos de pessoas”, garantiu.

Memel também criticou a forma que o município atualmente é administrado. De acordo com ele, a esposa do presidente da assembleia tem feito uma gestão à distância. Ele relembrou que em outras administrações, também de aliados de Galdino, o gabinete da prefeitura funcionava em Campina Grande e atualmente “os despachos são feitos de Areia ou João Pessoa”, cidades que a prefeita tem moradia.   “Nós avisamos nesse mesmo programa que a administração iria ser distante de Pocinhos. Nossa cidade, por incrível que pareça, é administrada por celular”, desabafou.

O parlamentar ironizou que a prefeita funciona na pressão. De acordo com ele, simples problemas são resolvidos após reivindicação de vereadores de oposição.

UNIÃO COM FÁBIO RAMALHO:

Memel Chaves revelou que abriu diálogo com o prefeito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho (PSDB). Ele apontou que tem sido um excelente nome na região para ocupar uma vaga na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Disse ainda que vai reunir o grupo, incluindo o ex-prefeito Cláudio Chaves, em defesa do nome de Fábio.

NOTA DA PREFEITURA DE POCINHOS:

Após reclamações pontuais de famílias que receberam peixes impróprios para consumo durante distribuição de pescados realizada ontem (31) no município de Pocinhos, a Prefeitura de imediato entrou em contato coma empresa solicitando providências e nesta quinta-feira (1º) fará uma nova entrega do produto a partir das 14h as quase 6 mil famílias contempladas.

A Prefeitura de Pocinhos realizou reunião pela manhã com a empresa e obteve o comprometimento da resolução da situação sem que haja qualquer custo adicional para o município.

Em nota a empresa que venceu a licitação para fornecer o pescado disse que após ser comunicado dos problemas pontuais, está encaminhando “o quantitativo de 5.700 quilos de peixes, que devem ser entregues em 24 horas”.

A entrega começará a ser feita às 14h desta quinta-feira (1º) por equipes da Prefeitura de casa em casa na zona rural e urbana, sem previsão de horário para encerramento da distribuição.

REVEJA PROGRAMA CLICANDO AQUI!

Leia mais: