Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Pré-candidatos a vereador de Remígio aderem ao grupo de Chió e dizem que agrupamento do prefeito André não tem força para derrotar Cláudio Régis

Para eles, Gledsnelle seria a única que poderia vencer a conjuntura política de Cláudio Régis, já que o agrupamento do prefeito André não teria força suficiente para derrotar o ex-prefeito, mesmo tendo feito uma boa gestão.

Publicado: 08/03/2024

FOTO: Se Liga PB

Os pré-candidatos a vereador de Remígio, Adinael e Si Ferreira, em entrevista ao Programa Se Liga PB, na manhã desta sexta-feira (08), anunciaram adesão ao grupo do deputado de Chió.  Si explicou que sua saída do grupo de situação foi estratégica, uma vez que Gledsnelle seria a única que poderia vencer a conjuntura política do ex-prefeito Cláudio Régis, já que, segundo ele, o agrupamento do prefeito André Alves não teria força suficiente para derrotar o ex-prefeito, mesmo tendo feito uma boa gestão.

“O grupo de André, hoje, não tem condições de vencer o grupo de Cláudio Régis. O único que tem condições de vencer, pesquisas internas mostram isso, é o grupo do deputado Chió, porque as pessoas de Remígio lembram como sofreram antes, em 2012”, pontuou Si.

Ferreira destacou ainda que a ida para o agrupamento político de Chió seria para fortalecer a pré-candidatura de Gledsnelle, na tentativa de impedir que a cidade volte a ser administrada pelo grupo político de Régis, e volte a viver um retrocesso.

“Reconhecemos a potencialidade da gestão de André, mas o grupo de Chió é que pode vencer. O povo que está com André já tem na mente que na hora certa vai votar em Gleds para impedir o retrocesso voltar para Remígio. Na concepção de várias pessoas, votar hoje no grupo de André está favorecendo a volta de Claúdio”, explicou o pré-candidato.

Adinael, que é ex-vereador e chegou a presidir a Câmara Municipal, acompanhou Si na entrevista e revelou que teve alguns altos e baixos com Chió, porém também tem a mesma convicção de Ferreira.

“Divido da mesma opinião de Si, ele pontuou muito bem. Não é à toa que o senhor André ganhou o nome de mestre de obras, o cara é trabalhador, mas eu precisava de um campo político, gosto de fazer uma boa política”, frisou Adinael.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS