Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Preço do gás de cozinha na Paraíba aumenta e pode chegar a R$ 110 a partir de quinta-feira

Com o aumento, a média de preço no estado, que tinha uma variação entre R$ 95 e R$ 100, passa a ser entre R$ 105 e R$ 110, de acordo com o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Paraíba (Sinregas).

Publicado: 30/01/2024

FOTO: REPRODUÇÃO

O preço do gás de cozinha, assim como o dos combustíveis, vai aumentar a partir desta quinta-feira (1º). Com o reajuste, o consumidor vai pagar entre R$ 5 e R$ 6 a mais no botijão. Com isso, a média na Paraíba, que tinha uma variação entre R$ 95 e R$ 100, passa a ser entre R$ 105 e R$ 110, de acordo com o Sindicato dos Revendedores de Gás do Estado da Paraíba (Sinregas). 

“O aumento vai trazer um impacto para o consumidor final entre R$ 5 e R$ 6. Isso é um somatório de impostos estaduais, aumento de diesel, aumento de frete, aumento de gasolina e do salário, que subiu em janeiro. O preço do botijão de gás vai ficar entre R$ 105 e R$ 110, dependendo da modalidade de pagamento. Se for à vista, R$ 105, e a prazo, R$ 110”, explicou Marcos Antônio Bezerra, presidente do sindicato. 

Segundo ele, o Sinregas já esperava esse aumento. “Nós sabíamos que quando a alíquota subiu de 18% para 20%, estávamos certos de que isso iria impactar. Quando veio a resposta, não veio só o aumento do imposto, mas junto com ele, o reajuste do diesel, do frete, dos trabalhadores, que é o salário. Veio tudo na mesma hora”, enumerou. 

No início de janeiro, a previsão do Sinregas é de que a média de preço ficasse entre $ 98 e R$ 103. “Com o aumento, é claro que o consumidor vai reclamar, mas nós, do Sindicato, não podemos fazer muita coisa porque somos penalizados pelo preço. Esse imposto vem enrustido na nota. Automaticamente, o imposto que elevou o preço do gás é o mesmo que aumentou o diesel, a gasolina”, acrescentou.

Com Lucilene Meireles

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS