Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Prefeito Jonas comenta apoio de Adriano Galdino a pré-candidatura de Marcelinho e destaca importância desse alinhamento político em Montadas

De acordo com Jonas, o apoio de Adriano fortalece ainda mais a pré-candidatura de Marcelo, que irá dar continuidade ao trabalho realizado no município.

Publicado: 23/03/2024

FOTO: SE LIGA PB

O prefeito de Montadas, Jonas de Souza (MDB), em entrevista ao programa Se Liga PB, na tarde deste sábado (23), comentou sobre a aliança com o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Adriano Galdino (Republicanos), que recentemente anunciou apoio a pré-candidatura de Marcelinho para a disputa de outubro.

De acordo com Jonas, que agradeceu o apoio do parlamentar ao seu pré-candidato, o apoio de Adriano fortalece ainda mais a pré-candidatura de Marcelo, que irá dar continuidade ao trabalho realizado em Montadas. Ele destacou que o alinhamento político com Galdino já vinha sendo discutido, e reforçou que o diálogo e o respeito sempre irão prevalecer na sua forma de fazer política.

“Nosso grupo político recebeu esse apoio de braços abertos, porque política se faz somando e olhando para frente, pensando no desenvolvimento do município e no bem estar da população. Montadas vai ganhar muito”, avaliou.

O prefeito pontuou que o presidente da ALPB já assumiu o compromisso de reivindicar junto ao governador João Azevêdo a estrada que liga Pai Domingos a Montadas, a retomada da adutora de Camará e asfaltamento de ruas.

“Quero ver minha cidade se desenvolver cada vez mais e o bem estar da população. Quem fizer por Montadas pode ter a certeza que terá meu apoio e o apoio do nosso grupo”, afirmou.

Jonas disse ainda que não descarta a possibilidade de dialogar com o ex-prefeito Jairo Herculano, que se posicionou neutro, mas enfatizou que  respeita a decisão do ex-prefeito e que estará de braços abertos a recebê-lo caso queira somar também, já que o mesmo é aliado de Adriano Galdino.

“Política se faz somando, mas qualquer decisão que ele venha tomar a gente aceita sem nenhum problema”, concluiu o gestor.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS