Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Prefeito Jonas de Souza não descarta concorrer a uma vaga na ALPB nas eleições de 2026, caso Fábio Ramalho busque voos mais altos

O prefeito reiterou seu compromisso com o deputado estadual Fábio Ramalho (PSDB), e disse que a possibilidade vai depender do caminho trilhado pelo parlamentar e da conjuntura política.

Publicado: 28/02/2024

FOTO: SE LIGA PB

O prefeito de Montadas, Jonas de Souza, em entrevista ao Programa Se Liga PB, na manhã desta quarta-feira (28), não descartou a possibilidade de concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), nas eleições de 2026. O prefeito reiterou seu compromisso com o deputado estadual Fábio Ramalho (PSDB), e disse que a possibilidade vai depender do caminho trilhado pelo parlamentar e da conjuntura política.

“Eu não posso dizer dessa água não beberei. Quem é que não quer ser deputado estadual? Mas eu tenho um compromisso com o deputado estadual Fábio, e Fábio tem um compromisso com os montadenses. Se acontecer de Fábio dar um voo mais alto, a gente também depende da conjuntura política e eu gosto de escutar. Não vou para uma aventura, se eu for candidato vou com expectativa de vitória, mas dependemos de uma conjuntura política onde precisamos uns dos outros”, disse.  

Na ocasião, Jonas comentou sobre sua ida a Brasília, que resultou na aquisição de recursos que totalizam R$ 6 milhões. Ele disse que o valor será investido na saúde, infraestrutura e assistência social de Montadas.

Segundo o gestor, foi angariado recursos com o senador Veneziano (MDB), o senador Efraim Filho (União), e os deputados Romero Rodrigues (Podemos), Murilo Galdino (Republicanos), Mersinho Lucena (PP), Cabo Gilberto (PL), assim como também com o deputado estadual Fábio Ramalho (PSDB), que o acompanhou na viagem e garantiu o envio de R$ 750 mil para o município.

Jonas enfatizou ainda que muitas são as obras realizadas em Montadas, e a expectativa é de que venham muitas outras com o montante adquirido durante sua viagem à Capital Federal, a exemplo de calçamento de ruas, asfaltamento, construção da Central de Velório e a revitalização da barragem, localizada na entrada da cidade.

“Pode ter certeza que vou trabalhar, que vou honrar a confiança que os montadenses me confiaram até o dia 31 de dezembro de 2024”, concluiu o gestor.

Redação

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS