Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Prefeitura de Bananeiras exonera vice-diretora esposa de suspeito de desaparecimento de Ana Sofhia

A criança, de 8 anos, desapareceu no distrito de Roma no dia 4 de julho de 2023.

Publicado: 03/10/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

Uma criança desaparecida, um suspeito foragido e uma investigação em curso. Pouco mais de dois meses do desparecimento de Ana Sofhia, a Prefeitura do município de Bananeiras, no Brejo da Paraíba, exonerou do cargo de vice-diretora na Escola Municipal João Paulo II, a esposa de Tiago Fontes Silva Rocha, principal suspeito do desaparecimento da menina. A criança, de 8 anos, desapareceu no distrito de Roma no dia 4 de julho de 2023.

Em nota oficial publicada nas redes sociais da Prefeitura, nesta segunda-feira (2), a gestão afirma estar colaborando com as forças policiais desde os primeiros dias de buscas, além de estar ajudando a família de Ana Sophia.

A Escola Municipal João Paulo II, inclusive, foi usada como base para as autoridades policiais para alimentação e organização das equipes.

De acordo com a nota da Prefeitura, a exoneração da vice-diretora foi necessária para o bom andamento dos serviços públicos na escola, após informações divulgadas pela Polícia Civil.

Uma perícia constatou que Ana Sophia entrou na casa de Tiago, no dia do desaparecimento, e não foi mais vista após isso. O suspeito está desaparecido e a esposa não é considerada suspeita pela Polícia Civil.

Com PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS