Presidente do Solidariedade de Stª Rita nega agressão e se diz vítima de perseguição política

Nicola afirmou que vai solicitar as devidas providências para que o caso seja esclarecido

Publicado: 25/07/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

O presidente municipal do Solidariedade em Santa Rita, Nicola Lomonaco, negou, neste fim de semana, que tenha agredido e utilizado uma arma para tentar intimidar policiais durante a ocorrência de um acidente envolvendo o veículo em que estava com sua esposa.

De acordo com Nicola, o que na verdade aconteceu foi o contrário: após a colisão, ele acionou a polícia para resolver o impasse e acabou sendo preso por suposta resistência.

“Acredito que por conta das minhas posições políticas passei de vítima a agressor, nunca vi isso na vida, inclusive, fui agredido com o soco e algemado com se fosse um bandido”, afirmou.

Nicola afirmou que vai solicitar as devidas providências para que o caso seja esclarecido. “Estamos tranquilos, pois estamos com a verdade “, arrematou.

Com PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS