Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Presidente do TRE-PB assegura agilidade em processos da Operação Calvário relacionados a Ricardo Coutinho

Durante a sessão realizada na última quinta-feira (7), Fátima Bezerra expressou a necessidade de envolvimento tanto do primeiro grau quanto do segundo grau nos processos, visando atender à celeridade exigida pela sociedade.

Publicado: 08/12/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), desembargadora Fátima Bezerra, garantiu empenho na celeridade dos processos vinculados à Operação Calvário. Essa força-tarefa investiga suspeitas de desvios de recursos públicos da saúde, incluindo contratos com organizações sociais, como a Cruz Vermelha, durante a gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PT).

Durante a sessão realizada na última quinta-feira (7), Fátima Bezerra expressou a necessidade de envolvimento tanto do primeiro grau quanto do segundo grau nos processos, visando atender à celeridade exigida pela sociedade. A declaração ocorreu após diversos juízes de primeiro grau do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) se declararem suspeitos, evitando julgar casos, especialmente aqueles relacionados a Ricardo Coutinho.

“A sociedade exige a celeridade necessária, como hoje foi pronunciado nos órgãos de informações pelo doutor Octávio [Paulo Neto, coordenador do Gaeco]”, afirmou a presidente do TRE-PB. Fátima Bezerra acrescentou que aguarda a publicação do acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o qual determinará a competência para julgar os processos, a fim de iniciar os julgamentos.

A expectativa agora recai sobre a definição do TSE, que orientará os rumos dos julgamentos relacionados à Operação Calvário na Paraíba.

PB Agora

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS

Rolar para o topo