Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Projeto institui medalha para homenagens aos 100 anos da Assembleia de Deus em Campina Grande

A matéria ainda será apreciada pelo plenário.

Publicado: 13/06/2023

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Campina Grande vai completar 100 anos no início de 2024 e, dentro da programação de ações em celebração à data, o vereador Alexandre do Sindicato (UB) apresentou um projeto de resolução na Câmara Municipal instituindo uma comenda especial para homenagens. A matéria ainda será apreciada pelo plenário.

Segundo a propositura, será criada, em caráter excepcional, ou seja, apenas para as celebrações do centenário, a Medalha Pastor Manoel Dubu, numa referência “ao legado do alfaiate e pastor fundador da Assembleia de Deus da cidade”. O projeto esclarece, ainda, que “a definição e aprovação dos nomes que receberão a comenda seguirá o mesmo rito de concessão da Medalha de Honra ao Mérito Municipal”.

Na justificativa da proposta de resolução, Alexandre do Sindicato afirma, ao referir-se à Assembleia de Deus, que “além do seu essencial mister espiritual, a denominação desempenha um trabalho social de grande relevo não apenas em Campina Grande, mas em todos os municípios onde atua de maneira tão expressiva”.

“E isso não reflete apenas a assistência direta prestada a pessoas com as mais diversas necessidades. É impossível mensurar as vidas acolhidas, as famílias restauradas, os homens e mulheres resgatados das drogas e outras dependências, as histórias humanas reescritas”, complementa o vereador.

Atualmente presidida pelo pastor Dari Ferreira, a Igreja Assembleia de Deus de Campina Grande conta com cerca de 40 mil membros, distribuídos em 110 congregações na cidade e em 108 igrejas filiadas em toda a Paraíba, e também mantém missionários em oito países: Paraguai, Bolívia, Equador, Argentina, Índia, Jordânia, Peru e Portugal.

Com Assessoria

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS