Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Reitor da UFPB diz que não houve cortes por parte do MEC e o que existe é uma previsão de contigenciamento

Valdiney declarou que a comunidade acadêmica da UFPB pode ficar tranquila em relação ao funcionamento da instituição.

Publicado: 06/10/2022

FOTO: REPRODUÇÃO

O reitor da UFPB, Valdiney Gouveia, negou em entrevista ao ClickPB que o Ministério da Educação (MEC) tenha realizado corte de verbas na instituição de ensino. De acordo com o gestor, o que existe é uma “previsão de contigenciamento”. Valdiney declarou que a comunidade acadêmica da UFPB pode ficar tranquila em relação ao funcionamento da instituição.

Segundo o reitor, não há perspectiva de paralisações de atividades. “De momento não tem nenhuma previsão de paralisar nada, nossas contas estão todas em dia, tudo organizado”, explicou. O gestor detalhou que a medida tomada pelo governo federal já ocorreu em outras gestões e trata-se de uma ação de responsabilidade.”É uma medida que se faz há muito tempo. Por exemplo os governos Lula e Dilma já fizeram, Temer. Todos os governos já fizeram é uma medida de responsabilidade”, disse Gouveia ao ClickPB.

O professor também explicou que a instituição conta com o planejamento financeiro até o mês de janeiro do próximo ano. Segundo a UFPB, uma nota deverá ser publicada em breve sobre o caso.

ClickPB

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS