Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Salão do Artesanato é aberto em Campina Grande

Com o tema 'Tudo Vira Arte na Feira de Campina', o salão tem expectativa de movimentar R$ 1 milhão.

Publicado: 09/06/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

Teve início, nessa quinta-feira (8), em Campina Grande, o 36º Salão do Artesanato Paraibano. O evento homenageia a feira central da cidade e os 40 anos do Maior São João do Mundo. Com o tema ‘Tudo Vira Arte na Feira de Campina’, o salão tem expectativa de movimentar R$ 1 milhão.

De acordo com os organizadores, cerca de 500 artesãos de toda a Paraíba participam desta edição da feira. Eles vão apresentar ao público a beleza, diversidade e qualidade do artesanato produzido no estado.

O 36º Salão do Artesanato Paraibano acontece na Avenida Prefeito Severino Bezerra Cabral, nº 1500, na entrada de Campina Grande. A estrutura funcionará todos os dias, até 2 de julho, das 15h às 22h. A entrada é gratuita, com possibilidade de doação de um quilo de alimento não perecível, para posterior entrega a instituições filantrópicas.

A organização do evento espera visitação de 85 mil pessoas. Campinenses e turistas poderão conferir no salão as diferentes tipologias do artesanato paraibano. Entre elas, estão a renda renascença, algodão colorido, brinquedos populares, metal, artesanato indígena, escamas, fibras e madeira.

Além disso, o 36º Salão do Artesanato também conta com espaço gastronômico e diversas apresentações no palco cultural.

Laboratório de artesanato

A diretora do Departamento de Artesanato e Microempreendedor Individual do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Raissa Rossiter, anunciou que o Governo Federal vai instalar, na Paraíba, um laboratório técnico voltado ao artesanato, com investimento de mais R$ 1,1 milhão.

“A Paraíba merece, os artesãos merecem e nós vamos trabalhar para elevar ainda mais o patamar desse artesanato, trazendo apoio no que diz respeito ao design, a comercialização e a inovação do produto, gerando mais inclusão socioeconômica e competitividade”, declarou.

“O que nós estamos vendo na Paraíba é um caminho de reconhecimento, de valorização e de qualificação dessas pessoas que muitas vezes fazem a sua arte e seu trabalho de maneira anônima e invisível”, acrescentou Raissa Rossiter.

Parceria

O Salão do Artesanato é uma parceria do Governo do Estado com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-PB).

Conforme o superintendente do Sebrae-PB, Luiz Alberto Amorim, o evento é um espaço privilegiado para os artesãos e a apresentação de seus produtos.

“O Salão é o momento de trazer o artesão para a vitrine, de modo que ele dialogue com o público, venda e promova seu trabalho. O Sebrae ajuda os empreendedores a se preparem, qualificando as pessoas e seus produtos para as vendas. Para isso, fazemos um trabalho permanente, o ano todo, incentivando não só a capacitação, como também a inovação, mas sem perder a característica principal do artesanato, que é a representação da nossa cultura”, afirmou.

O governador da Paraíba, João Azevêdo, por sua vez, destacou a importância da parceria com o Sebrae para o fortalecimento do artesanato paraibano.

“O artesanato, além da sua beleza e por mais que conte a nossa história e a nossa cultura, é acima de tudo um segmento econômico, que gera muito emprego e renda para o nosso povo. Eu não tenho dúvida nenhuma de que em geração negócios, em movimentação de público e em alegria este será o maior Salão do Artesanato que Campina Grande já realizou em sua história”, pontuou.

Portal Correio

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS