Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.

Senado aprova MP do Minha Casa Minha Vida; texto vai à sanção do presidente Lula

A proposta prevê reformas de imóveis inutilizados nas grandes cidades, o reajuste no valor de obras já iniciadas e o incentivo à construção de unidades próximo a grandes centros urbanos.

Publicado: 13/06/2023

FOTO: REPRODUÇÃO

O Senado aprovou nesta terça-feira (3) a medida provisória do Minha Casa Minha Vida. O texto vai à sanção do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

A proposta prevê reformas de imóveis inutilizados nas grandes cidades, o reajuste no valor de obras já iniciadas e o incentivo à construção de unidades próximo a grandes centros urbanos.

O relatório do deputado Fernando Marangoni (União-SP) foi aprovado na semana passada na Câmara dos Deputados e enviado ao Senado.

As medidas provisórias têm força de lei a partir da publicação no Diário Oficial da União (DOU), mas precisam ser aprovadas em até 120 dias para não expirarem.

Operadores

Na Câmara, o relator incluiu na proposta dispositivos para descentralizar a operação do programa e permitir a atuação de outros agentes. O objetivo, segundo Marangoni, é dar agilidade às operações da iniciativa.

Para atender famílias enquadradas na Faixa 1, residentes em municípios com população igual ou inferior a 80 mil habitantes, o texto prevê, por exemplo, a habilitação de instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central, inclusive bancos digitais, sociedades de crédito direto, cooperativas de crédito, órgãos federais, estaduais e municipais.

Para participar da oferta pública, as instituições e agentes financeiros deverão comprovar que possuem pessoal técnico especializado, próprio ou terceirizado, nas áreas de engenharia civil, arquitetura, economia, administração, ciências sociais, serviço social e jurídico.

Agência Brasil

COMPARTILHE AGORA

OUTRAS NOTÍCIAS